segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Àrvores do CERRADO

Tabebuia vellosoi floresce no Inverno.

A flor do Ipê Amarelo é mencionada como a Flor Nacional do Brasil.  

Ipê Rosa (Tabebuia pentaphylla)


Ipê branco(Tabebuia alba)


Roxinha, Pau-de-rosas, Pau-rosa, Cega-machado - Physocalymma Scaberrimum

Lobeira, fruta-lobo - Solanum lycocarpum

Bate-caixa, gritadeira, chapéu-de-couro - Palicourea rigida

A região do Cerrado no Brasil que comporta 21% do país, é a maior extensão de savana na América do Sul. Com uma estação sem chuvas muito definida, suporta uma carga de seca e de fogo, mas há plantas que se adaptam - e que não se reproduzem noutro lugar se deslocadas - e uma surpreendente gama de pássaros. Grandes mamíferos tais como o tamanduá-bandeira, o tatu gigante, onça-pintada e o lobo-guará, também ainda sobrevivem aí, mas estão competindo com a rápida expansão da fronteira agrícola brasileira, que se concentra primordialmente na soja e milho e, ultimamente, no cultivo da cana de açúcar. Criação de gado é outra ameaça à região, já que comporta quase 40 milhões de cabeças por ano. As plantas do Cerrado têm raízes longas de forma a lutar por água na região inferior e suas folhas, sementes, flores e raízes são usadas na flora medicinal.

Calliandra dysantha


Rosa do campo, Flor de Santa Rita - Kielmeyera rubriflora

Candombá - Vellozia variabilis

Canela-de-ema - Vellozia flavicans


Chuveirinho - Paepalanthus acanthophyllus

Sombreiro - Paepalanthus Spenciosus

Flor-do-pau - Wunderlichia mirabilis

Orchidaceae Koellensteinia tricolor

Flor Marcela(Achyrocline satureoides)

Mimosa regina - Mimosaceae Baeneby

Arnica(Lychnophora ericoides)

Pequi - Caryocar brasiliense

Corda de viola - Ipomoea procumbens


Flor do cerrado

Orquídea do cerrado

Para-tudo / Gomphrena officinalis


Turnera longiflora

Viajando para o norte de Minas Gerais saindo de Arcos indo para Janaúba, no trajeto parei para entrevistar os vendedores de Articum ou Marolo. Zenaido Lima da Fonseca coordenador do Grupo de Ação Ambiental Guaxinin - Engenheiro agronomo da EMATER-MG Arcos - Brasil. Necessitamos de um filmadora e um máquina fotográfica para melhorarmos nosso trabalho de valorização da nossa biodiversidade e sobretudo, da vida. Contatos sejamosiluminados@yahoo.com.br (37) 8826 1600 (37) 3351 1544

Ruibarbo-amarelo / Trimezia junciflora

Pau Terra da Folha Larga - Qualea grandiflora

Lírio do campo - Arrabidaea sceptrum

Famílias descobrem nas frutas do cerrado à oportunidade do próprio negócio. Enquanto as mulheres de um assentamento rural de Nioaque fazem artesanato com fibras de plantas, famílias inteiras descobriram que arvores e frutas do cerrado também podem ser uma boa fonte de renda. Pequi, Jatobá, Bocaíuva e o Cumbaru, sabores diferentes que tem sido bem aceito pelo público, seja na forma de sorvetes, doces ou castanhas. O sucesso é tanto que começa a surgir uma pequena indústria no local.



Artesanato com flores do cerrado (sempre vivas).

Mangaba e Bacupari - Frutos do Cerrado de Goiás, Serra Dourada


Manejo do Bacurizal Nativo



Trecho do documentário Cordisburgo Roseana, de Vitor Borysow.

Um comentário:

lailson disse...

muito legal as flores do cerrado aqui na região amazonica do Maranhão chapéu-de-couro é outra planta, que vive em ambientes aquaticos e a lobeira aqui nós chamamos de jurubeba!

No You, It´s 4shared

Mais saborosos cogumelos

Olha a onda aiiii gente....

Olha a onda aiiii gente....
Seguindo rumo a 2012...